sábado, 28 de fevereiro de 2009

Filosofia: o anti-cristo

Disseram-me que 
O anticristo falou 
Estabeleça-se entre anarquistas e cristãos 
Que perfeita equação? 
Qual a finalidade e instinto 
Que gera destruição? ...formação intelectual Hitler! 
Que vergonhoso teste de “construção” 
Seis milhões de inocentes mortos 
Olhando livremente a liberdade 
A convicção em si mesmo, o prendeu mortalmente 
Os grandes espíritos céticos 
Gozando a liberdade na prisão 
Presos no seu intelecto a seu serviço 
Máquinas assassinas do inferno 
Criam humanas convicções mutatórias 
Que morrem nas fraquezas da limitação... 
“ a crença em si mesmo, em si mesma uma expressão, doente de privação de si!?!” 
Qual o ponto que está o crente em si??? 
O forte em si mesmo 
Condicionado a escravidão de si?
E o que diz o crente em Deus? 
O fraco, Eu sou forte naquele que me fortalece 
Para surdos, ver gestos, significa mais que ouvir razões... 
Quem está dentro de mim, 
Também se manifestou lá fora!!! 
ALMEIDA, Joel. Túmulo de Roecken. Montes Claros,2002.
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AJA-DJA Brasil (2001)

AJA-DJA Brasil (2001)
Obra apresentada no salão de poesia "Psiu Poético" (Montes Claros-MG)

Sobre o Poeta Joel Almeida

O POETA MORREU, AGORA O POETA VIVEU?