segunda-feira, 26 de julho de 2010

PSIU POÉTICO & AMOR E DEUS

A razão disse:

Eu sou a dona da verdade!

A emoção disse:

Eu sou a dona do coração!

A mentira disse:

Eu freqüento a casa das duas!

Quem manda no barco?

“Busquei a verdade e não a achei.”

Que é a verdade?

Os filósofos dizem; que é e não é, e é absoluta.

Minha namorada é fútil

Anda lendo os existencialistas

Chama-me de ignorante

Leitor da bíblia antiga

Se a machuco com palavras

Fala-me de perdão, amor e família...

Conceitos essencialmente do velho livro sagrado

Eu a pergunto:

E Deus?

Existe ou não?

Ela vem com milhares de pensamentos de

filósofos

Armazenados de escritos clássicos

No fim de tudo; sua resposta é tola:

Não sei!

Seria bom se ficasse calada

Eu a amo!

Porém, ela não pode provar que sim!

Que eu a amo ou não.

Só quero que ela acredite nessa lei

“desconhecida”

Que é mesmo o amor?

Existe ou não?

É bom?

Fique calada meu amor!!!

Que te beijarei!

Almeida, Joel. Deliberação.Montes Claros. Poesia para Psiu poético 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AJA-DJA Brasil (2001)

AJA-DJA Brasil (2001)
Obra apresentada no salão de poesia "Psiu Poético" (Montes Claros-MG)

Sobre o Poeta Joel Almeida

O POETA MORREU, AGORA O POETA VIVEU?